Perspectiva
Um blogue sobre fotografia, por Luís Afonso


Etiqueta: paisagem íntima


Viagem ao Interior


A resposta à pergunta "porque fotografo" nem sempre tem uma resposta fácil. Mas como tinha prometido responder, aqui fica a história dos meus últimos anos como fotógrafo de paisagem natural. Durante esta viagem ao interior de mim talvez consiga chegar à tão ambicionada resposta.

Regressar após o regresso


Descubra 5 razões pelas quais deve regressar ao mesmo local vezes sem conta para o fotografar. Porque fotografar vezes sem conta no mesmo lugar está a um mundo de distância de fotografar vezes sem conta a mesma coisa em lugares diferentes.

Zona de Conforto


Crónica do workshop de fotografia "Arte & Natureza" que teve lugar na Serra da Estrela a 4/5 de Junho de 2016, em parceria com o SerraVale - House & Nature. A história de cinco fotógrafos que ousaram sair da sua zona de conforto.

Contos de algodão agridoce


Como todas as histórias, esta também tem um começo. Passaram dez anos sobre o dia em que um grupo de colegas de trabalho, incitados por um fotógrafo de paisagem experimentado, decidiu combinar uma saída na zona da Serra e Costa de Sintra. Pela primeira vez, iria levantar-me antes do nascer-do-sol para fotografar. Leia o resto da história e descubra porque é que o consumo repetido de açúcar também pode ser prejudicial na fotografia de natureza.

Galeria: Rota da Água e da Pedra


Entre as serras de Montemuro e da Arada, no coração das Montanhas Mágicas, esconde-se um verdadeiro hino à natureza. Um hino desbravado na companhia do João Cosme, umas das referências nacionais da fotografia de natureza, que conhece estas terras como ninguém. Num fim-de-semana de condições atmosféricas realmente especiais, onde a neve marcou presença em locais que há muito não visitava, registei uma série de imagens que permanecerão fundo na minha memória. Memória de locais de sonho de uma zona até agora desconhecida e magistralmente apresentada por um grande fotógrafo.

A Criação, Ernst Haas


Em 1964, John Huston contratou Ernst Haas para realizar a sequência da Criação do seu clássico “A Bíblia”. Inspirado neste tema, o fotógrafo, nascido em Viena em 1921, que já fotografava temas naturais há cerca de sete anos, decidiu estender esse trabalho por mais seis até estar preparado para entregar as impressões que iriam figurar nas páginas de um dos livros de fotografia mais vendidos de sempre: “A Criação”. Um livro obrigatório na biblioteca de qualquer apaixonado por fotografia.

A Natureza da Arte


Texto da palestra apresentado no âmbito do Imaginature - II Festival de Fotografia e Video, organizado nos dias 21 e 22 de Novembro de 2015 pela Câmara Municipal de Manteigas.